Feeds:
Posts
Comentários

x-forum-mt-fyer

Submissão de Trabalhos até 15 de Outubro de 2016 – clique aqui

via Chamada de Trabalhos X Fórum de Musicoterapia/BA —

Anúncios

“Música e Movimento” com Uirá Kuhlmann

VAGAS ENCERRADAS!!!

LINK PARA QUEM QUISER ADQUIRIR BOOMWHACKERS

Serão 12 horas de oficina, com certificação, trabalhando os seguintes conteúdos:

  • Jogos Musicais com Boomwhackers (Tubos Melódico-Percussivos)

  • Dinâmicas Musicais com Objetos da Infância

  • Percussão Corporal

Público Alvo: professores da educação infantil e ensino básico, professores de música, de arte e de educação física, musicoterapeutas, arteterapeutas, facilitadores de dinâmicas de grupo, recreacionistas,  brincantes, atores, dançarinos.

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS

Cartaz Curso Uira para WEB v18-09-2015

 

PASSOS PARA INSCRIÇÃO:

  1. Deposite no Banco do Brasil (dados retirado do ar, pelo enceramento das inscrições)

  2. Envie um email com o assunto: Inscrição Música e Movimento, para asbamt@gmail.com   com cópia para tesouraria@asbamt  ,  anexando a FICHA DE INSCRIÇÃO, o comprovante de depósito e, no caso, de estudante ou sócio da ASBAMT, os respectivos comprovantes de matrícula e de anuidade.

    OBS.: As Fichas de inscrição enviadas sem os respectivos comprovantes serão desconsideradas.

VALORES

Profissional R$ 250,00      Estudante com Comprovação R$150,00 

 

Facilitador: Uirá Kuhlmann

Uirá Kuhlmann é Diretor da “Música e Movimento”, núcleo de pesquisa e formação em educação ativa, empresa destinada à capacitação e atualização de educadores em geral, endorsee da Boomwhackers® (tubos sonoros) no Brasil e professor de vivência musical na Escola Germinare na capital paulista. Pesquisador e arranjador na área da educação musical ativa e cultura brasileira.
Formado na EMESP em piano erudito, licenciatura em música pela UFSCar. Graduado em Orff – Schulwerk pela San Francisco School “The Certification Orff Program” e pela Escola do Movimento Ivaldo Bertazzo “Reeducação do Movimento”.
Entre outros cursos de especialização pelo mundo destacam-se:
Brasil – São Paulo: Rítmica Dalcroze (Fac. Anhembi Morumbi e Cons. Mus. Brooklin Paulista – 2006 e 2008); IV e V Curso Internacional Orff/Schulwek (ABRAORFF e Col. Santo Américo – 2009 e 2011)
Espanha – Madrid: Musica y Movimiento en la Educación,(Asociación Orff de España – 2009)
Áustria – Salzburg: International Symposium Orff-Schulwerk (Orff Institute – 2011)

 

 https://www.youtube.com/watch?v=hXHWYnc4D3I

 

 

Musicoterapeutas na Inauguração do CAPSi – Camaçari


Na solenidade de inauguração do CAPSi – Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil – do município de Camaçari -Bahia, os musicoterapeutas Aline Góes e Leonardo Cunha saudaram as crianças, adolescentes, familiares, profissionais de saúde e autoridades presentes com um repertório musical alegre, dançante e convidativo à reflexão sobre o lugar da infância e juventude na atenção em saúde mental. Os dois musicoterapeutas integram a equipe técnica deste novo equipamento, composta também por: psicólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiro e técnicos de enfermagem, psiquiatra, psicopedagogos, fonoaudiólogo, educador físico, terapeuta de família, assistente social, entre outros. O serviço conta com salas de grupos, de oficinas, de atendimento individual, além do espaço de convivência e salas administrativas e de equipe técnica. O CAPSI funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Abrantes, N. 379, Bairro Inocoop.

12Nesta solenidade, a musicoterapia baiana celebra também o reconhecimento da Gestão de Saúde de Camaçari em garantir a continuidade da presença de musicoterapeutas no município, via concurso público. Desde 2007, o município oferece o atendimento de musicoterapia ao público adulto com transtornos mentais e sofrimento psíquico intenso, no CAPS II da Orla. Com o concurso público No 002/2010, foram convocados cinco musicoterapeutas, sendo que quatro tomaram posse: Cristiano Lima, no CAPS II da Orla, Antônio Durval Santana, no CAPS ad, Leonardo Cunha e Aline Góes (ambos no CAPSi)

Segundo Aline, “havia uma grande expectativa por parte da equipe e do público assistido da chegada desta abordagem no serviço de saúde mental da infância e adolescência, uma vez que a música acessa o sujeito de forma envolvente, ao mesmo tempo em que o organiza e permite conectar-se com novos sentidos, ampliando sua percepção”. Leonardo complementa que “a graduação em musicoterapia prepara o profissional para lidar com situações complexas de atenção à saúde e aos riscos sociais, sendo que as técnicas musicoterapêuticas têm a vantagem de abrir canais de comunicação e quebrar barreiras físicas, emocionais, de linguagem ou mesmo territoriais. A música se desloca no espaço temporal e pode assim estar presente nas praças, escolas, na casa do paciente ou no leito de um hospital, acolhendo o sujeito e transformando seu estado de espírito”.

O prefeito Ademar Delgado e o secretário de saúde Washington Couto prestigiaram a apresentação musical, composta por Aline (voz e violão), Leonardo (voz e guitarra) e os colegas do CAPSad Jairo e Dino, na percussão, além da presença dos irmãos Gustavo e Augusto, jovens assistidos pelo CAPSi. Esperamos que a boa apreciação musical tenha servido como um gostinho de “quero mais”, sensibilizando a abertura de novas portas nos diversos serviços de saúde e assistência social do município.

15

Ver outras notícias em:

http://www.camacari.ba.gov.br/2010/detalhe_noticia.php?cod_noticia=19472

http://www.nossametropole.com.br/capsi-foi-inaugurado-em-camacari/#.VQrUqPmsidk

Após documento entregue pela Diretoria da ASBAMT ao gabinete do Secretário de Educação e setor Jurídico do Município de São Francisco do Conde, noticiamos que o edital foi retificado incluindo graduados ou pós-graudados em Musicoterapia, de acordo com a CBO/Ministério do Trabalho.  Veja o texto abaixo, retirado do diário oficial , edição1304, de 23-05-2019.

EDITAL N.“ 001/2019 _ , PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇAO TEMPORARIA PARA PRESTAÇAO DE SERVIÇOS NA SECRETARIA DA EDUCAÇAO DO MUNICIPIO

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO CONDE-BA, EXMO. EVANDRO ALMEIDA, no uso das suas atribuições legais que lhe confere a Lei Orgânica, considerando a publicação do EDITAL n.º 001/2019 – PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO, na data 15/05/2019 no Diário Oficial do Município, Edição n.“ 1298, vem, por meio deste, RETIFICAR O ITEM 1.5 — MUSICOTERAPEUTA, NOS SEGUINTES TERMOS: 1.5 MUSICOTERAPEUTA: Ensino Superior Completo em Musicoterapia ou Ensino Superior completo, com especialização em Musicoterapia, em instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

São Francisco do Conde, 23 de maio de 2019

EVANDRO ALMEIDA

Prefeito Municipal

MARIVALDO CRUZ DO AMARAL

Secretário Municipal da Educação

 

 

Foi lançado na última quarta-feira (15 de Maio de 2019), no Diário Oficial do Município, o edital do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária na Secretaria da Educação (SEDUC) de São Francisco do Conde, oferencendo vaga para musicoterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social, dentre outras profissões de nível superior que contemplariam um projeto de acompanhamento e encaminhamento de crianças com necessidades educacionais especiais.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas na sede do Pré-Enem, situada à Praça da Santa Cruz, s/n, Centro, entre os dias 27 e 31 de maio, das 08h às 13h.

Maiores informações pelo site: 

http://saofranciscodoconde.ba.gov.br/oportunidade-lancado-edital-reda-para-prestacao-de-servicos-a-secretaria-da-educacao-seduc/

Baixe aqui o Edital 001/2019 da SEDUC/São Francisco do Conde

Fonte: portal literatura Musicoterápica

Recentemente a UBAM – União Brasileira das Associações de Musicoterapia fez o pedido para a inclusão da Musicoterapia no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS), que será analisado até 2020. Essa ação fortalece a profissão! 😉 ❤

Até lá, é importante sabermos que já é possível o acesso à Musicoterapia por planos de saúde desde que sejam movidas ações na justiça com tal finalidade! Já havendo, inclusive, jurisprudência no sistema jurídico brasileiro para o acesso à Musicoterapia.

Segundo o levantamento do blog Saber Melhor:

“Recentemente, o Tribunal de Justiça de Paraná, determinou a UNIMED CURITIBA, que arcasse com os custos de diversas terapias adicionais à uma paciente, acometida de paralisia cerebral tetraespática (CID G 80.0), dentre outras terapias, a musicoterapia.

A decisão do Tribunal de Justiça do Paraná entendeu que a ausência de previsão da musicoterapia no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde é irrelevante. Deve, independentemente de tal listagem, ser garantido aos segurados o tratamento mais moderno, sempre visando a obtenção da cura ou a redução dos efeitos da doença. A decisão foi tomada em 29 de outubro de 2015.

O Tribunal de Justiça de São Paulo, seguindo a mesma linha, entendeu que a natureza experimental do procedimento de musicoterapia não justifica a recusa de cobertura pelo plano de saúde.”

Fontes das decisões do Tribunal de Justiça:

TJPR; ApCiv 1401614-7; Curitiba; Nona Câmara Cível; Rel. Juiz Conv. Sérgio Luiz Patitucci; Julg. 29/10/2015; DJPR 12/11/2015; Pág. 175.

TJSP; AI 2176325-68.2015.8.26.0000; Ac. 8830567; São Paulo; Nona Câmara de Direito Privado; Rel. Des. Galdino Toledo Junior; Julg. 22/09/2015; DJESP 23/10/2015

Texto completo com referências:

https://fogareu530831245.wordpress.com/2015/11/15/cobertura-por-plano-de-saude-do-tratamento-por-musicoterapia/

Se você é Musicoterapeuta, informe isso a seus/suas pacientes e/ou responsáveis por eles/elas! Quanto mais pessoas tendo acesso à Musicoterapia, melhor para a profissão e para a população! 😉

Curta: http://www.fb.com/literaturamusicoterapica

Visite: http://www.literaturamusicoterapica.com.br

#Musicoterapia #Judicialização #JudicializaçãoDaSaúde #PlanosDeSaúde #Unimed #Direito #Justiça #Musicoterapeuta

ASBAMT EM DEBATE: Rumos da musicoterapia na Bahia e no Brasil

Convidamos os musicoterapeutas que atuam na Bahia para este encontro de partilha e trocas sobre a conjuntura atual da musicoterapia na Bahia e no Brasil. Este encontro é voltado ao público de musicoterapeutas profissionais e estudantes de musicoterapia.

O Evento acontece dia 15 de Junho de 2019 às 14hs no Canto Alumiar. End: Rua Dr. Fernando Studart, 212, Pituba Salvador- Ba

Evento gratuito com VAGAS LIMITADAS. Informações e inscrições através do e-mail: asbamt@gmail.com

music-banner.zp162595Informamos que o prazo para submissão de resumos de trabalhos para o 16th World Congress of Music Therapy, estão abertas até o dia 29 de abril de 2019 às 13h no horário de Brasília.  A 16a Edição do Congresso Mundial terá como sede a cidade de Pretória, capital administrativa da África do Sul e realizar-se-a entre os dias 7 e 11 de julho de 2020 com o tema The Polyrhythms of Music Therapy.  De acordo com Lazaro Nascimento, da UNESPAR, que está acompanhando a organização do evento, não é necessário se inscrever para submeter os resumos, basta enviar o título, texto do resumo (com até 250 palavras), palavras-chaves, autoria, minibiografia e afiliação institucional (25 a 50 palavras). A inscrição será feita posteriormente. Os trabalhos podem ser submetidos em quatro categorias diferentes:

  • Comunicações orais (20 minutos de exposição + 10 minutos de discussão)
  • Pôsteres
  • Workshops (90 minutos)
  • Mesas redondas (60 minutos)
Informações no site:

Referente ao processo seletivo publicado em edital em 15 de Abril de 2019, informamos aos musicoterapeutas que essa semana, a ASBAMT protocolou junto ao município de Barreiras, bem como ao instituto de desenvolvimento institucional brasileiro- IDIB (entidade responsável pelo concurso) um documento solicitando retificação das informações acerca do nível exigido publicado no edital, alterando pra nível superior, bem como, alteração do conteúdo programático.

A ASBAMT aproveitou o ensejo pra agradecer ao referido município pela oportunidade em contemplar a musicoterapia, somando à atenção a população no município, colocando-se à disposição para auxiliar nessa ampliação e reconhecimento do potencial que a musicoterapia reflete em políticas públicas de atenção à saúde, no contexto da assistência social, entre outros espaços de atenção, referenciando ainda, outros municípios que já incorporaram a musicoterapia na assistência.

Mais informações: 71 999881305

Mt. Rita Dultra